Conheça as técnicas estéticas de Fios de Sustentação

Conheça as técnicas estéticas de Fios de Sustentação

 

Recentemente, os cientistas criaram um fio reabsorvível feito de ácido poliláctico, a mesma substância do Sculptra, um volumizador muito eficaz usado em larga escala no tratamento do envelhecimento da pele. Totalmente absorvível este fio é relativamente simples de ser colocado, por mãos médicas treinadas, em um procedimento minimamente invasivo de apenas 20 a 30 minutos. Com o tempo, aproximadamente 18 meses, o fio é reabsorvido pelo organismo, o que permite os médicos reavaliarem o paciente, novas necessidades e por fim o reposicionar das hastes.

Como funciona?

O paciente é submetido à medição da área tratada para saber o tamanho do fio que irá receber e a quantidade (o mínimo para face é de um par). Os pontos de entrada e saída são anestesiados com lidocaína injetável para evitar qualquer incômodo. O fio reabsorvível é introduzido na pele com uma agulha até o tecido subcutâneo (gordura) e então o fio é direcionado neste tecido até o ponto inicial, onde se deseja promover o efeito lifting. Depois, novamente, é reintroduzida uma agulha no mesmo orifício de entrada e direcionada então pelo tecido subcutâneo até o outro lado. O fio possui pequenos, quase minúsculos cones que promovem a tração quando exercemos uma força contrária a eles. Uma leve tração é então promovida em ambos os lados do fio e as pontas são cortadas. Parece complexo, mas não é!

O resultado é visível na hora!

O paciente deve aguardar cerca de uma semana para a melhora de possíveis hematomas que podem surgir decorrentes da aplicação. O ponto de entrada pode apresentar uma discreta depressão por até 7 dias (este pode ser um inconveniente para alguns pacientes), mas de resto este tornou-se um grande aliado nos tratamentos esteticas da atualidade. Os ganhos estéticos na redução das rugas, da linhas de expressão e papada são muito grandes, embora o objetivo principal seja de reequilibro de sustentação da musculatura facial proposto pela harmonização facial, a face deve ser vista como um todo, onde observamos que a perda de dentes e a perda do tônus muscular comprometer toda a estrutura facial, daí a importância deste trabalho.

Fonte:www.midas.med.br